Consegue já um -10% utilizando o código EXTRA10

A miopia

O que é a miopia e quais são as suas causas e sintomas?

A miopia

O que é a miopia e quais são as suas causas e sintomas?

 Mulher a experimentar óculos para a miopia Mulher a experimentar óculos para a miopia

A miopia é uma das alterações refrativas oculares mais comuns, tanto em crianças como em adultos. Esta deformação do olho faz com que não percecionemos as imagens distantes com nitidez e com que seja necessário usar óculos graduados para ver normalmente. Embora a maioria dos míopes tenha herdado esta caraterística dos seus pais, os hábitos também podem provocar a sua manifestação ou o aumento das dioptrias.


A Organização Mundial da Saúde estima, no seu Relatório mundial sobre a visão, que em 2050, o número de pessoas com miopia no mundo aumentará para 200 milhões, um número que fará com que seja considerada uma epidemia. Saber o que é a miopia, o que a provoca e como tratá-la torna-nos conscientes da importância de cuidar da nossa saúde visual para a prevenir e corrigir da forma correta.

Olho míope com óculos de correçãoOlho míope com óculos de correção

O que é a miopia?

 

A miopia é um erro refrativo que impede ver corretamente ao longe e que ocorre quando o olho tem umas condições especiais:

  • quando o globo ocular é mais alargado do que o normal e o eixo antero-posterior mede mais de 24 milímetros, chama-se miopia axial;
  • quando a córnea é mais curva do que deveria ser, é conhecida como miopia de curvatura;
  • se o cristalino tiver uma potência excessiva, ocorre a miopia de índice.
  • quando o olho apresenta vários dos fatores acima referidos, apresentará miopia mista.Como consequência da sua fisionomia, o olho míope foca os raios de luz que recebe à frente da retina quando, em condições normais, deveria fazê-lo sobre ela.

Como se mede a miopia?

A miopia mede-se em dioptrias, uma unidade de medida que indica o grau de desvio que provoca o olho na luz que atinge a retina e a distância necessária para percecionar claramente os objetos.

No caso da miopia, as dioptrias são negativas, ou seja, desviam a luz de forma divergente.

Representação da refração da luz num olho míopeRepresentação da refração da luz num olho míope

Características da miopia

Quando o olho é normal, funciona como uma lente convergente: os objetos veem-se quando os raios de luz se desviam ao atravessarem a córnea e o cristalino e se encontram na retina, que é o ponto focal, e os transforma em impulsos nervosos que chegam ao cérebro.

No caso de um olho míope, com uma curvatura excessiva, o ponto focal encontra-se à frente da retina. Para contrariar a visão desfocada que esta situação provoca, será necessário apertar os olhos para acomodar a sua forma ou utilizar uma lente divergente que faça com que os raios de luz se juntem na retina.

Causas da miopia


Não existe um fator único que cause a miopia. Esta caraterística refrativa pode ser causada por uma série de razões diferentes.

  • Fatores genéticos: a miopia é um gene dominante, pelo que, normalmente, faz parte da herança que se transmite de pais a filhos.
  • Fatores patológicos: algumas doenças como a diabetes, a ceratocone ou as cataratas estão relacionadas com o aparecimento da miopia. É por esta razão que a miopia aparece frequentemente numa idade avançada.
  • Fatores ambientais: permanecer em ambientes fechados durante longos períodos de tempo, utilizar dispositivos eletrónicos, a ausência de boa iluminação interior ou a leitura intensiva prolongada aumentam a probabilidade de desenvolver miopia no futuro.
Mulher a submeterse a um teste de miopiaMulher a submeterse a um teste de miopia

Sintomas da miopia

Embora exista um indício muito significativo de miopia, há vários sintomas que estão normalmente presentes, tal como acontece com outros erros refrativos:

  • ver bem ao perto, mas ter uma visão turva ou difusa de objetos distantes, este é o principal sinal;
  • visão noturna deficiente,
  • dor de cabeça,
  • cansaço visual.
Mulher tem dores de cabeça devido a miopiaMulher tem dores de cabeça devido a miopia

Tipos de miopia

Para além da classificação relacionada com as características físicas do olho, a miopia pode dividir-se em dois grandes grupos, de acordo com as suas características principais.

Miopia simples

Aparece geralmente entre os 5 anos de idade e a adolescência e é a forma mais comum de miopia. Ocorre como consequência de qualquer uma das características morfológicas especiais que provocam este erro refrativo no olho: curvatura excessiva, maior comprimento do eixo axial ou demasiada potência do cristalino.

Normalmente, aumenta durante algum tempo após o seu aparecimento e estabiliza-se após alguns anos sem chegar a ultrapassar as 6 dioptrias.

Miopia magna

Muito menos frequente, é causada por um globo ocular demasiado comprido. Nestes casos, o eixo antero-posterior do olho mede mais de 26 milímetros.


A miopia magna surge na infância e continua a aumentar durante a idade adulta. Por definição, excede as 6 dioptrias, embora seja comum ter mais de 10 dioptrias. Por este motivo, é aconselhável que as pessoas com miopia magna realizem exames oftalmológicos regulares para garantir que o olho está em perfeitas condições.

teste de visão miopiateste de visão miopia

Tratamento da miopia

Os míopes podem ter uma vida completamente normal graças ao número de opções disponíveis atualmente.

Além disso, cada pessoa pode encontrar a solução que melhor se adapta às características dos seus olhos e ao seu estilo de vida. Algumas das formas de tratar a miopia são:

  • Óculos graduados com lentes divergentes concebidas para ter em conta as dioptrias de cada utilizador. Quando se colocam entre o olho e os objetos, os raios de luz incidem na retina com a inclinação necessária para ver bem.
  • Lentes de contacto graduadas. O efeito é o mesmo que com os óculos, com a vantagem de permitir uma visão periférica nítida, uma vez que se colocam sobre o globo ocular e acompanham os seus movimentos.
  • Ortoqueratologia. Este método consiste em usar lentes de contacto enquanto se dorme para modificar a curvatura da córnea e ver bem, sem qualquer tipo de lente durante o dia. Os resultados são temporários, pelo que é necessário usá-las todas as noites.

As pessoas com miopia dispõem também de mecanismos de controlo da miopia que, consoante cada caso, os nossos oftalmologistas experientes podem recomendar, por exemplo:

  • Gotas de atropina em doses muito baixas. Utilizam-se principalmente em crianças e adolescentes para retardar a progressão da miopia, uma vez que impedem que o olho cresça em comprimento.

Para estabelecer a solução mais adequada para cada pessoa, é necessário visitar o oftalmologista e conhecer a dioptria exata de miopia que cada pessoa tem. Na Mais Optica dispomos de exames exaustivos e de testes específicos que permitem aos nossos profissionais conhecer o grau exato de desvio refrativo de cada olho.

Homem míope a escolher óculos de correçãoHomem míope a escolher óculos de correção