Consegue um -20% extra por Yellow Days a tua compra online usando o código EXTRA20

Óculos de Sol para Ciclismo

Visualizar:

83 artigos

Página

Filtrar

Selecione um filtro para limitar a seleção

Visualizar:

83 artigos

Página

Visualizar:

83 artigos

Página

Qualquer amante do ciclismo conhece bem o importante que é dispor da melhor proteção para a sua vista, seja como um elemento protetor para os seus olhos, seja sobretudo como um fator essencial para a proteção da vista contra a luz.

Conhecendo o importante que é possuir óculos de ciclismo, convém perguntar: O que preciso de ter em conta no momento de escolher o meu modelo ideal? Mostramos-te aqui alguns aspetos importantes:

Como escolher uns óculos de ciclismo?

  • A curvatura: Os óculos de sol de ciclismo têm uma particularidade óbvia, que se trata da curvatura que as suas armações e lentes têm. Possui um claro sentido de proteção da luz lateral, bem como para proteger os olhos para que não entre qualquer elemento como pó, algum mosquito, etc.

Além disso, permitem melhorar o campo de visão, ajudando assim que te possas mover com maior tranquilidade evitando os deslumbramentos ou, simplesmente, reduzindo a fadiga visual dos raios mais laterais.

  • A transpiração: Outro elemento fundamental para distinguir uns óculos de ciclismo é as suas aberturas para melhorarem a circulação do ar e evitarem assim o embaciamento das lentes enquanto pedalas (situação que pode ser perigosa se nos estivermos a deslocar a alguma velocidade). Geralmente as lentes oferecem também uma tecnologia antiembaciamento que ajuda a melhorar a visibilidade durante a prática desportiva.
  • A fixação e o peso: Ao pegarmos nuns óculos de sol de ciclismo, damo-nos rapidamente conta que pesam pouco e que se adaptam perfeitamente à cara. É evidente que ambos os fatores são essenciais para podermos desfrutar de um percurso. A missão destes óculos deverá ser sempre proteger a visão e os olhos mas, ao mesmo tempo, darem a sensação que não levas nada. Por isso, os modelos de óculos de ciclismo têm um peso reduzido, que torna a viagem muito mais cómoda, para além de se manterem sempre fixos graças a uma boa aderência na ponte do nariz (repara que eles são adaptáveis) e têm uma função de pinça para encaixarem perfeitamente no capacete.

Que lentes escolher para uns óculos de ciclismo?

Existem vários elementos a ter em conta: o mais conhecido e o que costuma preocupar mais é o filtro de luz da lente (de menor a maior absorção de luz em função da exposição ao sol), mas também terão que ser considerados aspetos como os tratamentos das lentes que evitarão deslumbramentos, reflexos, fadiga visual ou adaptação a diversas circunstâncias meio ambientais. Explicamos a seguir:

  • Os filtros das lentes: Certamente já te questionaste às vezes porque é que os óculos de ciclismo têm as lentes de várias cores (mais transparentes, laranjas ou mais escuras). Isto deve-se ao facto de existirem vários graus de absorção da luz, que se mostram em quatro níveis de filtragem, do 0 ao 4. Por outras palavras:
    • Os óculos com filtro 0: são modelos com as lentes quase transparentes, que absorvem menor quantidade de luz solar, o que é ideal para os momentos em que acontece uma saída de bicicleta com o céu muito encoberto. Oferecem uma grande proteção perante elementos que possas encontrar durante o percurso, como insetos ou pó e evitam que a tua vista seja impressionada pelos raios solares (sempre presentes, embora as condições meio ambientais sejam muito nubladas). Além disso, são o único filtro que permite a condução noturna.
    • Os óculos com filtro 1: Retêm entre 20 e 56% da luz visível, pelo que costumam ser utilizados para uma luminosidade muito leve. Distinguem-se porque as lentes são ligeiramente coloridas.
    • Os óculos com filtro 2: Oferecem uma filtragem intermédia (entre 57 e 81% da luz visível). Este filtro é um dos mais habituais entre as armações de ciclismo, pela sua adaptabilidade a condições mais ou menos expostas ao sol.
    • Os óculos com filtro 3: São muito difundidos, visto oferecerem uma filtragem entre 82 e 91% (o ideal para as nossas latitudes num dia de sol). São lentes escuras e filtram a luminosidade forte para protegeram adequadamente a vista.
    • Os óculos com filtro 4: São mais excecionais, visto filtrarem de 92 a 97% da luz visível. Costumam ser mais usados na prática do ciclismo, por exemplo, em montanha ou em alta montanha.
  • Os óculos polarizados: a tecnologia polarizada estende-se entre as lentes dos óculos desportivos. O seu motivo é reduzirem os reflexos da luz que é projetada de várias superfícies, oferecendo assim uma visão mais nítida (tão importante ao circulares a uma certa velocidade com a tua bicicleta) e evitando a fadiga visual que tão presente se torna quando fazes uma saída longa.
  • Óculos com lentes espelhadas: Não se trata de uma simples questão estética, já que a funcionalidade das lentes com um aspeto de espelho é reduzirem a quantidade de luz que chega aos teus olhos. Evitam, por exemplo, deslumbramentos inclusivamente quando as condições exteriores são de muita luz. A sua tecnologia começou a ser utilizada para desportos náuticos ou de montanha, mas cada vez é mais habitual ver como são aplicadas nos óculos desportivos como os óculos de ciclismo.
  • Os óculos fotocromáticos: esta tecnologia difundiu-se rapidamente entre os praticantes do ciclismo devido a uma clara vantagem: conseguem adaptar as lentes em função das condições climatéricas. A quem é que não lhe aconteceu sair de casa com um céu bem encoberto e ao fim de 30 minutos, descobrir que o sol despontou em todo o seu esplendor, para ficar? Evidentemente, se saíste com óculos com um filtro mínimo para protegeres os olhos, sofrerás mais que o normal por culpa das alterações meteorológicas.

A tecnologia das lentes fotocromáticas permite, através de uma cobertura com um polímero, obscurecer ou clarear os óculos em função da luz visível à que estão expostos. Isto quer dizer que, se de repente o sol se tornar bem forte, os óculos obscurecem para oferecerem a melhor proteção contra os raios do sol e, por sua vez, se o clima mudar e repentinamente ficar enevoado, os óculos aclaram para se adaptarem às novas condições.

Por este motivo, os modelos fotocromáticos estão a ganhar espaço entre os óculos de ciclismo, já que são um todo-o-terreno e são úteis para as saídas, quer de inverno quer de verão.

 

Se tiveres mais dúvidas sobre que modelos de óculos de ciclismo são ideais para ti, não hesites em passar por qualquer das nossas lojas e deixar-te aconselhar pelos nossos especialistas. Eles ajudar-te-ão a encontrares o modelo que mais se adapta a ti e à tua prática desportiva. Aproveita os nossos descontos e compra online ou nos nossos centros. Estamos à tua espera!